ANGOLA LIDERA RESOLUÇÃO DE CONFLITOS - Plataforma Media

ANGOLA LIDERA RESOLUÇÃO DE CONFLITOS

 

Angola vai presidir ao Grupo de Trabalho “Ad Hoc” que irá encarregar-se da prevenção e resolução de conflitos em África, durante a vigência do seu primeiro ano de mandato como membro não permanente do Conselho de Segurança da ONU, iniciado a 1 de Janeiro de 2015.

O referido grupo de trabalho, que estará sob a presidência do embaixador Ismael Gaspar Martins, foi criado no dia 31 de Janeiro de 2002 com o objectivo de monitorar a implementação das recomendações contidas na declaração do Presidente e nas resoluções do Conselho de Segurança com vista a prevenir e dar solução aos conflitos no continente berço.

Esta indicação vem aumentar as responsabilidades de Angola, que assumiu, em Janeiro de 2014, a presidência rotativa da Conferência Internacional para a Região dos Grandes Lagos (CIRGL), na busca de soluções pacíficas para os conflitos em África.

Neste seu primeiro ano de mandato Angola assume igualmente a vice-presidência do Comité do Conselho de Segurança contra o terrorismo, do Comité estabelecido em 2003 pela resolução 1521 relativo à Libéria, do Comité criado em 2001 através da resolução 1572 atinente à Costa do Marfim, bem como do Grupo de Trabalho criado nos termos da resolução 1566, de 2004.

Angola foi eleita membro não permanente do Conselho de Segurança com 190 votos, dos 193 possíveis, no escrutínio realizado na Assembleia Geral da ONU no dia 16 de Outubro de 2014.

Pirataria, anti-terrorismo, renovação das missões de paz da ONU, a luta contra o Ébola, entre outros, são alguns dos assuntos que poderão constar da agenda de Angola neste seu primeiro ano de mandato.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter