EM ANHAI JÁ SE PODE CASAR COM FORASTEIROS - Plataforma Media

EM ANHAI JÁ SE PODE CASAR COM FORASTEIROS

 

A comarca de Anhai, na província continental chinesa de Fujian, revogou a proibição de os seus habitantes casarem com forasteiros, uma prática que esteve em vigor durante quatro séculos.

Responsáveis das oito povoações de Anhai reuniram-se no final de novembro para estudar o fim da proibição, que foi oficialmente consagrada a 4 de dezembro, destacou o diário China Daily. Enquanto vigorou a proibição houve casais que mantiveram relações secretas, por serem naturais de diferentes povoações da comarca, e outros terminaram as relações por temerem castigos.

Nas zonas remotas da China rural subsistem algumas tradições que no resto do país foram caindo em desuso, desde as sociedades matriarcais, em que as mulheres e homens não se casam e podem ter vários companheiros, a lugares onde são realizadas bodas entre cadáveres.

Esta última prática, conhecida como o “minghun”, consiste na celebração de cerimónias de casamento entre jovens que morreram antes de se casarem, já que a tradição estabelece que esse matrimónio será consumado na outra vida.

 

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter