Início Manchete Açúcar nas bebidas diminui devido à pressão fiscal

Açúcar nas bebidas diminui devido à pressão fiscal

Em sete anos resultaram 432 milhões para o SNS e caiu em 36% a proporção de bebidas no escalão mais alto do imposto.

Nos últimos sete anos, o Serviço Nacional de Saúde (SNS) arrecadou, por via do imposto especial de consumo sobre as bebidas açucaradas, mais de 432 milhões de euros. No ano passado, a receita rondou uma média diária de 165 mil euros, fechando em linha com 2022, nos 60,2 milhões. Em contrapartida, naquele espaço temporal a proporção daquelas bebidas enquadradas no escalão mais elevado do imposto reduziu-se em 36%. Para o setor, a tributação deve ser “descontinuada por se ter esgotado o seu efeito útil”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!