Início Mundo Tribunal confirma condenação de Sarkozy a pena de prisão

Tribunal confirma condenação de Sarkozy a pena de prisão

O antigo presidente francês Nicolas Sarkozy foi, na quarta-feira, condenado a um ano de prisão, com meio ano suspenso, por um tribunal de recurso de Paris, devido ao financiamento ilegal da campanha presidencial francesa de 2012.

Ainda assim, o antigo presidente francês poderá evitar a prisão, cumprindo a pena com pulseira eletrónica em casa. Em 2021, Sarkozy tinha sido condenado a um ano de prisão, mas recorreu da sentença que foi parcialmente confirmada ontem por um tribunal superior.

O Ministério Público pedia a condenação do antigo chefe de Estado a um ano de prisão com pena suspensa. Em causa, está a acusação de que o seu partido, “Os Republicanos”, trabalhou com a empresa de relações públicas Bygmalion, para esconder o verdadeiro custo da campanha eleitoral, que culminou com a derrota eleitoral de Sarkozy, segundo revela a “France 24”.

O político sempre afirmou desconhecer qualquer ilegalidade. Outras treze pessoas também foram condenadas a penas de até três anos e meio de prisão, algumas destas com penas suspensas. Sarkozy e outras nove pessoas recorreram da decisão judicial e foram julgados novamente entre 8 de novembro e 7 de dezembro.

Leia mais em JN

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!