Início Atualidade G7 promete fazer pagar “preço alto” aos países que apoiam Rússia na guerra

G7 promete fazer pagar “preço alto” aos países que apoiam Rússia na guerra

Os ministros dos Negócios Estrangeiros do G7 prometeram hoje que os países fornecedores de assistência à Rússia, no âmbito da guerra na Ucrânia, vão pagar “um preço alto”.

A declaração dos chefes da diplomacia do Grupo dos sete países mais industrializados do mundo (G7), divulgada no final de uma reunião, em Karuizawa, no Japão, apontou também para o reforço da aplicação das sanções em vigor contra a Rússia.

“Não pode haver impunidade para crimes de guerra e outras atrocidades tais como os ataques da Rússia contra civis e infraestruturas civis críticas”, disseram.

Os ministros concordaram em continuar a dar o máximo apoio à Ucrânia e consideraram “inaceitável” o anúncio de Moscovo da intenção de enviar armas nucleares para a Bielorrússia, de acordo com o documento.

O Japão foi o país anfitrião da reunião por exercer a presidência rotativa do G7, de que faz parte juntamente com Alemanha, Canadá, Estados Unidos, França, Itália e Reino Unido.

A UE também participa no G7.

Esta reunião ministerial deverá preparar uma cimeira de líderes do G7, em maio, em Hiroshima.

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!