Garis de Paris retomam greve no dia 13

por Viviana Chan
AFP

Os garis de Paris retomarão em 13 de abril sua greve contra a reforma previdenciária do presidente Emmanuel Macron, após uma primeira greve em março que deixou 10.000 toneladas de lixo nas ruas — anunciou o sindicato CGT nesta terça-feira (4). 

Esta greve “por tempo indeterminado” busca “a retirada da reforma da Previdência”, explicou em um comunicado o sindicato majoritário do setor em Paris, que suspendeu sua primeira greve em 29 de março por falta de grevistas. 

A nova ação começará na véspera da esperada decisão do Conselho Constitucional, que deve se pronunciar sobre a validade da reforma e sobre um pedido de referendo por parte da oposição de esquerda. 

Esta semana, as ruas de Paris recuperaram uma aparência quase normal, depois de acumular pilhas de lixo, algumas de vários metros de altura, em vários bairros da turística capital francesa. 

Desde janeiro, a França está mergulhada em um forte clima de insatisfação social, devido ao adiamento da idade de aposentadoria de 62 para 64 anos até 2030 e à antecipação, para 2027, da exigência de se contribuir 43 anos, em vez de 42, para receber o valor integral da aposentadoria.

Os sindicatos convocaram um novo dia nacional de manifestações e de paralisação para esta quinta-feira, 6 de abril.

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!