Início Atualidade Exportações dos países lusófonos para Macau sobem

Exportações dos países lusófonos para Macau sobem

As exportações de mercadorias dos países de língua portuguesa para Macau subiram 65,1% em janeiro, em comparação com o mesmo mês de 2022, indicaram dados oficiais hoje divulgados.

O valor exportado pelos países lusófonos para o território fixou-se em 124,8 milhões de patacas (14,6 milhões de euros) no mês passado, de acordo com a Direção dos Serviços de Estatística e Censos (DSEC) de Macau.

A maioria veio do Brasil, no valor de 99,4 milhões de patacas (11,6 milhões de euros), sendo composta sobretudo por carne, peixe e marisco. Macau comprou ainda a Portugal mercadoria no valor de 25,3 milhões de patacas (três milhões de euros), nomeadamente vestuário e acessórios, bebidas alcoólicas e produtos farmacêuticos.

De acordo com os dados oficiais, o bloco de países de língua portuguesa não comprou quaisquer mercadorias de Macau em janeiro. No mesmo mês do ano passado, a região tinha registado exportações no valor de cerca de 58.300 patacas (6.800 euros) para os países lusófonos.

As exportações de mercadorias por Macau em janeiro foram de 899 milhões de patacas (103,7milhões de euros), menos 37,2%, comparativamente a igual período de 2022, enquanto o valor importado de mercadorias foi de 10,45 mil milhões de patacas (1,22 mil milhões de euros), ou seja, menos 24,7%, em termos anuais, indicou a DSEC.

O défice da balança comercial de Macau no primeiro mês deste ano fixou-se em 9,56 mil milhões de patacas (1,11 mil milhões de euros), menos 24,3% relativamente a janeiro do ano passado.

*Com Lusa

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!