Início Moçambique Crocodilos matam duas mulheres durante as cheias em Moçambique

Crocodilos matam duas mulheres durante as cheias em Moçambique

Duas mulheres morreram no distrito de Chibuto, sul de Moçambique, atacadas por crocodilos durante as cheias dos últimos dias, anunciaram hoje as autoridades.

As duas vítimas tentavam salvar algumas culturas “das suas hortas” devido às inundações, sendo que o último incidente aconteceu no sábado, referiu Sérgio Moiane, administrador do distrito.

“Voltaram para as hortas quando os répteis fugiam da corrente dos rios”, detalhou aquele responsável à Rádio Moçambique, apelando à população para se manter afastada das zonas alagadas.

As “machambas”, hortas de agricultura de subsistência, são a principal fonte de alimentação para a maioria das famílias moçambicanas nos meios rurais.

O crocodilo é um dos animais que mais vítimas mortais causa anualmente no país, tendo sido responsável por 76 mortes em 2020, segundo dados da Administração Nacional das Áreas de Conservação (ANAC) relativos a incidentes registados – muitos não chegam a ser reportados.

As bacias hidrográficas do sul de Moçambique estão a registar cheias desde o início do mês devido a chuva intensa que se tem abatido sobre aquela parte do país.

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!