Kremlin afirma que Biden e Zelensky se recusam a 'ouvir a Rússia' - Plataforma Media

Kremlin afirma que Biden e Zelensky se recusam a ‘ouvir a Rússia’

O Kremlin afirmou nesta quinta-feira (22) que a visita do presidente ucraniano Volodimir Zelensky aos Estados Unidos reflete que ele não tem intenção de “ouvir a Rússia” e que Washington está realizando “uma guerra indireta” contra a Rússia na Ucrânia.

“Até agora, podemos observar com pesar que nem o presidente (americano Joe) Biden nem o presidente Zelensky disseram nada que pudesse ser visto como uma possível disposição de ouvir as preocupações da Rússia”, disse o porta-voz da Presidência russa a repórteres, Dmitry Peskov.

Segundo Peskov, nesta visita não houve “verdadeiros apelos à paz” ou “advertências” dos Estados Unidos a Zelensky contra “o bombardeio contínuo de prédios residenciais em áreas populosas do Donbass”, região do leste da Ucrânia parcialmente controlada por separatistas pró-Rússia e frequentemente bombardeada pelas forças ucranianas.

“Isso mostra que os Estados Unidos continuam em sua linha de guerra de fato e indireta com a Rússia, até o último ucraniano”, acrescentou.

Zelensky estava em Washington na quarta-feira para sua primeira viagem internacional desde o início da ofensiva russa na Ucrânia em fevereiro.

Durante esta visita, ele recebeu novas promessas de ajuda financeira e militar.

Related posts
Política

EUA sancionam Grupo Wagner de mercenários para debilitar poder de combate russo

Sociedade

Armamento moderno para Kiev pode levar a ofensiva vitoriosa ou escalada incontrolável

Angola

Angola preocupada com escalar bélico do conflito na Ucrânia e risco de nova guerra mundial

Sociedade

Um morto e dois feridos no ataque russo com mísseis contra Kiev

Assine nossa Newsletter