Desemprego no Brasil continua em queda, um mês antes de Lula chegar ao poder

por Mei Mei Wong

O desemprego no Brasil continua em queda: entre agosto e outubro ficou em 8,3% da população ativa, segundo dados oficiais divulgados nesta quarta-feira (30), a quase um mês da posse de Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

O número de desocupados na maior economia da América Latina caiu para nove milhões de pessoas, o menor desde o trimestre concluído em julho de 2015, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Leia também: Brasil gera 159 mil empregos formais em outubro

O índice de desemprego melhorou 0,8 ponto em relação ao período de maio a julho, quando ficou em 9,1%. 

Os números mostram a recuperação econômica contínua no país após o colapso causado pela pandemia de covid-19, quando o desemprego atingiu o pico de 14,9% no primeiro trimestre de 2021. 

Na comparação anual, o desemprego caiu 3,8 pontos no período de agosto a outubro.

Leia também: Popularidade digital: Lula dispara e Bolsonaro cai um mês após eleição

O índice foi publicado a pouco mais de um mês para a posse do presidente eleito Lula.

A equipe de Lula negocia no Congresso um espaço no orçamento de 2023 para cumprir com os compromissos sociais assumidos na campanha, especialmente manter o auxílio de 600 reais e aumentar o salário mínimo acima do índice de inflação.

Pode também interessar

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!