Início Angola Governador de Luanda defende medidas para conter a construção desordenada

Governador de Luanda defende medidas para conter a construção desordenada

Manuel Homem, que falava durante a cerimónia de tomada de posse dos novos administradores municipais, de assessores do Governo Provincial de Luanda (GPL) e dos directores do Instituto de Planeamento e Gestão Urbana de Luanda (IPGUL), recentemente nomeados, defendeu, também, a criação urgente de condições para que as áreas acima citadas sejam reguladas.

“Luanda tem desafios de urbanização. O IPUL vai continuar a desempenhar um papel estruturante para que se possa controlar o crescimento desordenado, que se assiste na província de Luanda. Precisamos colocar um limite e, para isso, o IPGUL é chamado a olhar para os documentos orientadores e implementá-los”, disse Manuel Homem, apelando para a necessidade de as administrações municipais reverem, com urgência, os procedimentos de atribuição de títulos de terra, bem como trabalhar afincadamente para a resolução dos problemas da construção desordenada e da venda ambulante.

Segundo o governador, para os problemas que os cidadãos levantam em relação aos terrenos, é preciso, rapidamente, identificar soluções, que devem ser implementadas, para que a problemática crescente em determinado município possa ser controlada.

Sobre a Quiçama, que tem como nova administradora Elisabete Rafael, defendeu a necessidade de se fazer com que o município se torne num pólo de desenvolvimento turístico, apostando em infra-estruturas sociais e na criação de vias rodoviárias, secundárias e terciárias.

Leia mais em Jornal de Angola

Contate-nos

Meio de comunicação social generalista, com foco na relação entre os Países de Língua Portuguesa e a China

Plataforma Studio

Newsletter

Subscreva a Newsletter Plataforma para se manter a par de tudo!