Início » Iniciativa liberal defende IVA a 6% para todas as formas de energia renovável

Iniciativa liberal defende IVA a 6% para todas as formas de energia renovável

Carolina Rico

A Iniciativa Liberal considera insuficientes as propostas do Governo para incentivar a utilização de equipamentos mais eficientes.

João Cotrim de Figueiredo, presidente da Iniciativa Liberal
João Cotrim de Figueiredo, presidente da Iniciativa Liberal

A Iniciativa Liberal (IL) propõe o alargamento da a taxa mínima do IVA a todas as formas de energia renovável, como sistemas de águas quentes sanitárias, bombas de calor ou caldeiras de biomassa eficientes.

Leia também: Portugal é o terceiro país com maior peso de impostos na luz

Num projeto de lei que deu entrada esta terça-feira na Assembleia da República, a IL defende que este seria um incentivo à utilização de equipamentos mais eficientes, que em conjunto com a poupança de gás e eletricidade por via de limites administrativos ao consumo pode contribuir para diminuir a dependência energética face a países como a Rússia.

Leia também: João Leão: “Não há aumento de impostos para nenhum português”

“Quanto mais cedo estas reduções forem implementadas, mais depressa poderão os portugueses estar preparados, no médio prazo, para enfrentar os problemas da pobreza energética e da instabilidade dos preços da energia”, pode ler-se no documento enviado à TSF.

Leia mais em: TSF

Contact Us

Generalist media, focusing on the relationship between Portuguese-speaking countries and China.

Plataforma Studio

Newsletter

Subscribe Plataforma Newsletter to keep up with everything!