RAEM reage às criticas da ONU e garante empenho na defesa dos direitos humanos - Plataforma Media

RAEM reage às criticas da ONU e garante empenho na defesa dos direitos humanos

O Governo da RAEM continuará a empenhar-se na promoção de medidas que protegam os direitos humanos, refere o Governo num comunicado em reacção ao relatório do comité dos Direitos Humanos da ONU sobre a aplicação, em Macau, do Pacto dos Direitos Cívicos e Políticos

O Governo diz que vai envidar todos os esforços para implementar as disposições relevantes do Pacto, de acordo com o disposto na Lei Básica de Macau.

Num comunicado divulgado, ontem à noite, o Governo recorda que, de 13 a 15 de Julho, sujeitou-se à apreciação pelo Comité dos Direitos do Homem da da ONU, a propósito do 2.o Relatório relativo à implementação das disposições relevantes do Pacto Internacional sobre os Direitos Civis e Políticos.

Leia mais sobre o assunto em: ONU bastante crítica sobre estado dos direitos cívicos e políticos em Macau

No comunicado, o Executivo diz que não pode concordar com algumas das observações finais e manifesta a sua oposição.

O Governo da RAEM considera que o Comité, enquanto órgão de  tratados de direitos do homem, deve respeitar a finalidade de proceder ao diálogo construtivo com a Parte que se sujeita à apreciação, evitando a  “politização” da apreciação.

E deve abster-se de formular conclusões tendenciosas e falsas, com base nas reportagens ou fontes de informação que não foram verificadas.

Leia mais em TDM

Related posts
MacauPolítica

ONU bastante crítica sobre estado dos direitos cívicos e políticos em Macau

ChinaPolítica

Guterres nomeia chinês Li Junhua como adjunto para Assuntos Económicos e Sociais

AngolaPolítica

Angola tem “estratégia exemplar” de combate ao tráfico de pessoas

ChinaPolítica

Alta-comissária dos Direitos Humanos nega pressões da China sobre o Xinjiang

Assine nossa Newsletter