Ex-jogadora "violada por dirigente" - Plataforma Media

Ex-jogadora “violada por dirigente”

Vera Pauw, que é agora selecionadora da Irlanda, contou nas redes sociais que foi violada por um dirigente da federação neerlandesa de futebol e sexualmente agredida por dois funcionários quando era uma jovem futebolista no seu país.

“Durante 35 anos escondi um segredo do mundo, da minha família, das minhas companheiras de equipa, das minhas jogadoras, das minhas colegas e, agora admito, de mim mesma”, começou por dizer a treinadora, de 59 anos.

“Mesmo os que me são mais próximos não sabem da violação que fui vítima às mãos de um proeminente dirigente de futebol quando eu era uma jovem jogadora. Mais tarde, dois homens, então funcionários da federação, também abusaram sexualmente de mim. Apenas as pessoas que confio sabem deste abuso sexual sistemático, abuso de poder, bullying, intimidação e isolamento a que fui exposta enquanto jogadora e como treinadora da federação holandesa”, acrescentou.

Leia mais em O Jogo

Este artigo está disponível em: English

Related posts
BrasilLifestyle

'Não aceite bebida na balada', diz Aline Campos, sobre violação aos 17

BrasilSociedade

Investigada juíza brasileira que tentou impedir aborto a menina que foi violada

DesportoPortugal

Tribunal confirma arquivamento de queixa contra Ronaldo por violação

Mundo

EUA multam Twitter por violação de dados confidenciais

Assine nossa Newsletter