China confina 17 milhões de habitantes da cidade de Shenzhen

China confina 17 milhões de habitantes da cidade de Shenzhen

Os 17 milhões de habitantes da cidade chinesa de Shenzhen foram colocados em confinamento após a notificação de 66 novos casos de covid-19, anunciaram ontem as autoridades locais

Aos habitantes desta cidade, que abriga as gigantes tecnológicas Huawei e Tencent, as autoridades ordenaram que permaneçam em casa para controlar um surto da variante Ómicron que, nos últimos dias, já levou ao encerramento de lojas não essenciais e restaurantes.

Embora seja baixo o número de casos de covid-19 comparado com o de outros países, a China enfrenta o pior surto da doença em dois anos, no nordeste do país, que hoje aumentou as infeções para o triplo, levando as autoridades chinesas a suspender o transporte de autocarro para Xangai.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
ChinaSociedade

Autoridades chinesas pedem desculpa por entrarem à força em casas à procura de infetados

ChinaEconomia

Crescimento da China de 0,4% no 2º trimestre devido a confinamentos

ChinaEconomia

“Zero covid” pode diminuir investimento estrangeiro na China

ChinaMacau

Leong Iek Hou aponta exemplo da China como hipótese do regresso à normalidade

Assine nossa Newsletter