Voto antecipado em mobilidade preparado para um milhão e 200 mil eleitores

Voto antecipado em mobilidade preparado para um milhão e 200 mil eleitores

O voto antecipado em mobilidade nas legislativas está preparado para um milhão e 200 mil eleitores, através de 2.600 secções, que poderão ainda ser aumentadas, anunciou ontem o Governo, apelando à inscrição nesta modalidade de votação

Voto antecipado em mobilidade preparado. “Iremos fazer um apelo ao voto antecipado”, declarou aos jornalistas a ministra da Administração Interna, Francisca Van Dunem, depois de ter recebido ao longo do dia os partidos com assento parlamentar sobre as condições para o exercício do voto nas legislativas antecipadas de 30 de janeiro.

Segundo a ministra, que falava nas instalações do Ministério da Administração Interna, em Lisboa, o Governo quer “garantir que o maior número de pessoas possam votar antecipadamente”, para prevenir situações de isolamento devido à covid-19 na data das eleições, e esta modalidade de voto “provavelmente vai ser a grande tónica desta eleição”.

Leia também: “Votar é muito mais seguro do que ir às compras ou ao multibanco”

Em seguida, o secretário de Estado Adjunto e da Administração Interna, Antero Luís, referiu que “a administração eleitoral, na sequência do agravamento da situação de pandemia, decidiu reforçar o voto antecipado em mobilidade” e que, “nesse sentido, passaram-se das 675 secções de voto que havia nas eleições presidenciais, num primeiro momento, para 1.300 e agora, num segundo momento, para 2.600”.

“Significa isto que a administração eleitoral tem o voto antecipado preparado para um milhão e 200 mil portugueses, o que dá cerca de mais 20% daquilo que é a votação habitual em termos de legislativas. Para terem uma ideia, nas eleições presidenciais em voto antecipado em mobilidade 246.922 eleitores, o que significa que se passássemos para 1 milhão e 200 mil mais do que quintuplicávamos o número de votantes”, adiantou.

Antero Luís reiterou “o apelo que a administração eleitoral e que o Governo faz é que os portugueses se inscrevam no voto antecipado em mobilidade”.

Related posts
PolíticaPortugal

Aumento da participação dos emigrantes resulta da nova geração

PolíticaPortugal

Votos de emigrantes dão dois deputados ao PS e dois ao PSD

PolíticaPortugal

PS alcança segunda maioria absoluta e Costa pode ser PM 10 anos

Cabo VerdePolítica

PR de Cabo Verde felicitou Costa e espera reforço das relações

Assine nossa Newsletter