Mais 109 mil imigrantes em 2021 em Portugal - Plataforma Media

Mais 109 mil imigrantes em 2021 em Portugal

Há mais 109 mil imigrantes que obtiveram a autorização de residência em 2021. Um aumento muito perto do registado antes da pandemia – em 2019 houve mais 110 048 novos residentes. Portugal tem, agora, 771 mil cidadãos estrangeiros a residir no país, um valor nunca antes alcançado. A tendência é que estas comunidades continuem a crescer, já que estão agendados milhares de processos.

O Serviço de Estrangeiros e Fronteiras (SEF) indica que o país tem, agora, quase o dobro de imigrantes de 2015 (388 731), ano em que os fluxos migratórios começaram a recuperar da crise financeira de 2010.

São números provisórios e que ainda não estão distribuídos por nacionalidades de origem, prevendo-se que se mantenha a incidência da comunidade brasileira como a principal no país. Em 2020, representava 27,8% do total de imigrantes, seguida da britânica. Pelo meio, estavam os oriundos das comunidades portuguesas de língua portuguesa (PALOP). Há dois anos, houve, ainda, um aumento importante de residentes italianos bem como de indianos.

O máximo de novos imigrantes tem, também, a ver com uma alteração dos procedimentos para reduzir os casos pendentes, processo que as organizações reconhecem ter vindo a acelerar. Ainda assim, só estão agendados os estrangeiros que fizeram “a manifestação de interesse” até julho de 2020. E este é o primeiro passo para um trabalhador estrangeiro regularizar a sua situação, desde que tenha um contrato, desconte para a Segurança Social e prove ter meios de subsistência. O prazo para agendar a entrevista é, agora, de um ano e meio mas chegou a ser superior a três e quatro anos.

“O serviço tem vindo a adotar medidas excecionais, com vista à recuperação de pendências e à eficiência na gestão documental de cidadãos estrangeiros, na sequência do despacho nº 5793-A/2020 de 22 de maio de 2020, que determinou a implementação de um procedimento simplificado de instrução dos pedidos de concessão de autorização de residência”, referem os responsáveis do SEF.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter