Embraer e marca de Ayrton Senna vão desenvolver carro voador

Embraer e marca de Ayrton Senna vão desenvolver carro voador

A EVE Air Movility (EVE), filial da brasileira Embraer, terceira maior fabricante mundial de aeronaves, anunciou quarta-feira que desenvolverá com Senna – a marca do falecido tricampeão da Fórmula Um Ayrton Senna – um “carro voador sustentável”, de design “futurista”

Uma filial da Embraer vai desenvolver com a marca de Ayrton Senna um carro voador. Será o primeiro eVTOL (avião elétrico de descolagem e aterragem horizontal) criado pelas duas empresas brasileiras e simboliza a visão de futuro sustentável e a inovação de ambas as marcas, detalhou a Embraer.

“O design do eVTOL Eve-Senna é inspirado na visão da marca Senna de ultrapassar os limites, criando produtos com paixão e propósito de uma forma autêntica e futurista. O design, as cores e o interior da aeronave prometem oferecer uma experiência única para sua tripulação”, acrescentou a construtora aeronáutica em comunicado.

Lançada há um ano como empresa independente pela Embraer, a EVE dedica-se à fabricação de aeronaves elétricas de descolagem horizontal sustentáveis e já recebeu encomendas para produzir cerca de 750 unidades em todo o mundo.

Já a marca Senna foi criada pelo próprio piloto brasileiro em 1992 – dois anos antes de morrer, aos 34 anos, num trágico acidente no circuito Enzo e Dino Ferrari, em Imola (Itália), durante o Grande Prémio de San Marino de 1994 -, para que as pessoas pudessem compartilhar os seus valores com produtos de “qualidade e inovação”.

Segundo a Embraer, a parceria com a marca Senna inspirará as novas gerações sobre o futuro da mobilidade e acessibilidade.

A Embraer é fabricante e líder mundial de aeronaves comerciais com até 150 lugares e tem mais de 100 clientes em todo o mundo.

A empresa brasileira mantém unidades industriais, escritórios, centros de serviço e de distribuição de peças, entre outras atividades, nas Américas, África, Ásia e Europa.

Em Portugal, no Parque de Indústria Aeronáutica de Évora, funcionam duas fábricas da Embraer, sendo que a empresa também é acionista da OGMA – Indústria Aeronáutica de Portugal, com 65% do capital, em Alverca.

Related posts
FuturoMundo

EUA condenam teste 'irresponsável' de míssil espacial da Rússia

Lifestyle

Computador construído por Jobs e Wozniak é vendido por 400 mil USD

FuturoLifestyle

Facebook acaba com o seu sistema de reconhecimento facial

FuturoPortugal

Moedas promete Fábrica de Unicórnios de Lisboa no próximo ano

Assine nossa Newsletter