Marilyn Manson torturava mulheres numa cela de vidro - Plataforma Media

Marilyn Manson torturava mulheres numa cela de vidro

O artista já foi acusado judicialmente por mais de uma dezena de mulheres. Eis as 10 principais conclusões da extensa investigação.

1: Padrão de alegados maus tratos a mulheres é anterior à fama de Marylin Manson

Na sua primeira capa na Rolling Stone, em 1997, Marilyn Manson, nome artístico de Brian Warner, de 52 anos, norte-americano, descreveu o seu relacionamento coma mãe como “estranho, porque era meio abusivo, mas da minha parte”. O cantor rock escreveu nas suas memórias que uma vez a agrediu com um frasco de perfume, deixando-a com uma cicatriz, quando pensou que ela tinha traído o seu pai.

Tim Vaughn, que diz ter sido amigo de Manson nos anos 1990, lembra-se do artista a insultar a mãe e a gritar com ela com frequência. Uma vez, recorda Vaughn, “ele perseguiu-a pelo corredor com um pé de microfone em riste. Eu perguntei-lhe: ‘Que diabo se passa contigo?!’ Ele disse, ‘a vaca está sempre a entrar aqui nos piores momentos’.

Na sua biografia, Manson escreveu sobre abusar de uma mulher a que ele chamou “Nancy” como parte do seu espetáculo no início da carreira. O cantor segurava-a por uma trela e espancava-a no palco — “para denunciar a nossa sociedade patriarcal, é claro, não porque gostasse de arrastar uma mulher seminua pelo palco”, escreveu o artista. Manson também afirmou no livro que ele e um colega de banda planearam matar Nancy, mas depois mudaram de ideias.

2: Alegados abusos sexuais já virão desde os anos 1990

Três pessoas que se dizem amigas de Marilyn Manson no início dos anos 1990 afirmam que ele lhes mostrou encontros sexuais que tinha gravado numa câmara de vídeo. Russell Vaughn lembra-se de sair uma noite com o seu irmão Tim Vaughn, uma amiga, e Manson. “Ele mostrou-nos uma compilação de todas as raparigas que já lhe tinham feito felácios”, diz ele. “E estava muito orgulhoso disso”. Os irmãos Vaughn e a amiga, que pediu para permanecer anónima, confirmam à “Rolling Stone” ter visto os vídeos.

3: Violações são fonte frequente de humor negro há décadas

Antigos amigos dizem que as piadas frequentes das violações de Marilyn Manson começaram muito cedo na sua vida e não diminuíram. Nas suas memórias de 1998, Manson detalha uma “partida” que pregou a Jeordie White, ex-membro da sua banda. Disse-lhe: “Vamos violar-te no parque de estacionamento e depois vamos esmagar-te debaixo do teu próprio carro”.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter