Número de mortos registado ontem é o mais alto desde 26 de agosto

Número de mortos registado ontem é o mais alto desde 26 de agosto

Portugal não registava um número de mortes por covid-19 igual ao de ontem desde 26 de agosto, e o total dos internamentos registados é o mais alto desde 20 de setembro, segundo dados oficiais consultados pela Lusa

Foi no dia 26 de agosto, tal como hoje, que o boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) registou 15 mortes devido à covid-19, num total de 2.552 novos casos confirmados, um número abaixo do registado este domingo (1.483 casos).

No dia anterior, 25 de agosto, o número de mortes tinha sido até superior a 15, tendo sido contabilizados 16 óbitos no boletim diário da DGS, e anteriormente, nos dias 18, 10 e 07 de agosto, tinham morrido 17 pessoas devido à covid-19, havendo também registos de 18 (dia 09 e 06) e 19 mortes (dia 03).

Quanto ao total dos internamentos registados hoje, mais 465, Portugal não registava um número tão elevado desde 20 de setembro, dia em que o número de internados foi de 471.

Os internados têm vindo a aumentar ao longo da última semana, já que o dia 06 de novembro (sábado) foi o último a registar uma diminuição das pessoas que deram entrada nos hospitais.

Assim, no sábado da semana passada os internados desceram para 323, um número que cresceu para os 465 praticamente numa semana, mais 142 pessoas.

Desde domingo (dia 07) que os internamentos não param de aumentar, registando-se a entrada de 18, 19, 1, 19, 3, 28, 13 e 41 pessoas ao longo dos dias da semana.

Quanto aos internamentos em Unidades de Cuidados Intensivos (UCI), que hoje estão nas 75 pessoas, já não registava um número tão alto desde 27 de setembro, data em que estavam 79 pessoas nestas unidades.

Portugal regista hoje 1.483 novos casos confirmados de infeção com o coronavírus SARS-CoV-2, 15 mortes associadas à covid-19 e um aumento dos doentes internados, indicam os dados oficiais.

De acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) divulgado hoje, estão agora internadas 465 pessoas, mais 41 do que no sábado, das quais 75 em unidades de cuidados intensivos, mais seis nas últimas 24 horas.

As 15 mortes registaram-se no Norte (quatro), no Centro (sete), em Lisboa e Vale do Tejo (duas) e no Algarve (duas).

Segundo a DGS, as vítimas mortais são das faixas etárias entre os 60 e os 69 anos, os 70 e 79 anos e das pessoas com 80 ou mais anos.

Desde março de 2020, morreram 18.257 pessoas e foram contabilizados 1.107.488 casos de infeção.

A covid-19 provocou pelo menos 5.094.101 mortes em todo o mundo, entre 252.864.960 infeções pelo novo coronavírus registadas desde o início da pandemia, segundo o mais recente balanço da agência France-Presse.

A doença é provocada pelo coronavírus SARS-CoV-2, detetado no final de 2019 em Wuhan, cidade do centro da China, e atualmente com variantes identificadas em vários países.

Related posts
DesportoPortugal

Testagem volta a ser obrigatória antes dos jogos da I e II Liga

PortugalSociedade

Portugal continental entrou hoje em situação de calamidade

MoçambiquePolítica

MNE garante voos de repatriamento de e para Moçambique

PolíticaPortugal

PR considera novas medidas contra a pandemia "muito equilibradas"

Assine nossa Newsletter