Adeptos do naturismo vindimaram nus em quinta de Grândola - Plataforma Media

Adeptos do naturismo vindimaram nus em quinta de Grândola

Cerca de uma dezena de entusiastas do naturismo, munidos apenas de sapatos, chapéu ou boné, fizeram no domingo passado uma vindima da uva “ímpar” num terreno de vinha situado perto de Grândola, no Alentejo.

“Estas colheitas são inéditas em Portugal e temos de dar os parabéns aos participantes”, afirmou a presidente da Federação Portuguesa de Naturismo, Filipa Gouveia Esteves, à AFP. “O naturismo está a crescer em Portugal, as pessoas estão mais abertas à sua prática”, acrescentou.

“O naturismo é um estado de comunhão com a natureza. Mesmo com o meu boné e os sapatos, tiramos a roupa “, disse Manuel Patrício, um participante na casa dos cinquenta.

Enquadrado por uma lei alterada em 2010, o naturismo é legal em Portugal desde 1988.

Assine nossa Newsletter