Surto de Covid-19 em Macau sem impacto na vacinação - Plataforma Media

Surto de Covid-19 em Macau sem impacto na vacinação

Cerca de 60 por cento da população de Macau continua sem aderir à campanha de vacinação promovida pelas autoridades de saúde. O surto de Covid-19 no início do mês de agosto – que levou à testagem em massa da população – não teve o efeito esperado por Tai Wa Hou, coordenador do plano de vacinação, que esperava maior adesão à vacina depois do susto.  

De acordo com os dados revelados pelo Centro de Coordenação de Contingência do Novo Tipo de Coronavírus, no último dia de agosto, o número total de pessoas com a vacinação completa atingiu os 275,414. Porém, o número representa apenas 40,3 por cento da população, sendo que mais de metade (59,7 por cento) continua sem recorrer à vacina.  

O PLATAFORMA relembra que no início do mês de agosto (4), quando o surto de Covid-19 em Macau obrigou à suspensão por três dias da campanha de vacinação, até 7 de agosto, cerca de de 234,861 pessoas estavam totalmente vacinadas, e 55,081 pessoas tinham a primeira dose da vacina administrada.  

Ao analisar os dados mais recentes, observa-se que dessas pessoas com a primeira dose a 4 de agosto, apenas 40,553 completaram a vacinação contra a Covid-19 até ao fim do mês. Somente 51,333 pessoas se inocularam com a primeira dose até 31 de agosto e, entre essas, aproximadamente 25 por cento já se tinha vacinado a 7 de agosto, dia em que a campanha de vacinação em Macau retomou.  

Gráfico demonstra a evolução da vacinação em Macau

No início do mês de agosto, a taxa de vacinação completa representava cerca de 34,3 por cento da população total. Esperava-se que com o surto de Covid-19 em território local a taxa de vacinação aumentasse drasticamente, como referiu Tai Wa Hou, médico Adjunto da Direcção do Centro Hospitalar Conde de São Januário. No entanto, o próprio lamentou o escasso aumento de 25 por cento na adesão à vacina depois desta ter sido suspendida, respondendo ao PLATAFORMA que “antes da testagem em massa administravam diariamente 3,000 doses e passaram a vacinar cerca de 5,000 pessoas”. A situação não apresentou melhorias, sendo que a única “boa notícia” dada pelo responsável esta semana foi o facto da taxa de vacinação ter atingido os 70 por cento entre os profissionais de saúde. Adultos entre os 40 e 49 anos de idade já tinham atingido esse objetivo na segunda semana de agosto.  

O risco de propagação da Covid-19 na comunidade levaria as pessoas a vacinar-se, de acordo com o coordenador do plano de vacinação em Macau. Mas não se regista essa tendência. A plataforma World In Data permite recolher os dados necessários para uma análise mais profunda sobre a situação de Macau. Com base na população total utilizada pelos serviços de saúde (683,100), o PLATAFORMA elaborou o gráfico acima. Pode-se verificar que a maior taxa de crescimento mensal foi registada entre junho e julho (17,5 por cento). Entre julho e agosto, não houve essa continuidade (7,1 por cento). Embora seja um crescimento positivo, quando comparado com maio ou junho, a ideia de que o surto de iria aumentar drasticamente a taxa de vacinação não se verifica.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
MacauSociedade

Covid-19: Macau decreta estado de emergência imediata

ChinaMacau

Macau testa toda a população após infeções de funcionários de hotel de quarentena

MacauSociedade

Postos deixam de ter limite para vacinação sem marcação

MacauPolítica

Covid-19: Mais de metade dos funcionários públicos vacinados

Assine nossa Newsletter