Mercado de tecnologia espacial cresce com constelações de nanossatélites - Plataforma Media

Mercado de tecnologia espacial cresce com constelações de nanossatélites

Mais baratas, pequenas unidades são lançadas em conjunto e podem realizar serviços tão variados quanto lucrativos.

mercado de satélites, com tamanho estimado entre US$ 385 e US$ 450 bilhões em 2020, deve chegar a US$ 1 trilhão em 2040, segundo a consultoria Morgan Stanley. Embora os números variem dependendo dos analistas, o tamanho do setor sempre é estimado como sendo da ordem das centenas de bilhões de dólares. O envolvimento do Brasil nesse segmento ainda é incipiente e se limita mais ao papel de consumidor.

O mercado vem crescendo significativamente devido a uma novidade com menos de 15 anos, os nanossatélites, especialmente os do tipo CubeSat. Como o nome indica, são satélites pequenos (de um a dez quilogramas em vez de toneladas), relativamente baratos (menos de € 500 mil em vez de até € 500 milhões) e de rápido desenvolvimento (meses em vez de anos).

Leia mais em Folha de S.Paulo

Assine nossa Newsletter