Nirvana processados por pornografia infantil devido à capa do álbum "Nevermind"

Nirvana processados por pornografia infantil devido à capa do álbum “Nevermind”

Spencer Elden, fotografado em bebé para a capa de um álbum dos Nirvana, interpôs uma ação em tribunal, onde acusa a banda de exploração sexual infantil e pornografia infantil, devido à utilização da sua imagem em “Nevermind”, lançado em 1991.

Os membros dos Nirvana e os herdeiros de Kurt Cobain estão a ser acusados de violação de leis federais de pornografia infantil e de exploração sexual infantil. A acusação foi feita por Spencer Elden, o bebé que dá imagem à capa do icónico álbum de 1991.

Num processo que também envolve o fotógrafo Kirk Weddle e as editoras discográficas envolvidas na gravação do álbum, Spencer Elden alega que sofreu de “danos para toda a vida” pela utilização da sua imagem sem autorização, uma vez que tinha apenas quatro meses. Além disso, argumenta também que os seus tutores não “autorizaram o uso de qualquer imagem do Spencer ou da sua semelhança”, nem a comercialização da sua imagem para pornografia infantil.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter