Presidente angolano aprova financiamento de 149,7 ME para novo Hospital dos Queimados - Plataforma Media

Presidente angolano aprova financiamento de 149,7 ME para novo Hospital dos Queimados

O Presidente angolano, João Lourenço, aprovou a celebração de um acordo de financiamento no valor de 149,7 milhões de euros para o projeto de construção do novo Hospital dos Queimados, em Luanda.

Segundo o despacho presidencial, a que a Lusa teve ontem acesso, o acordo de financiamento entre a República de Angola, representada pelo Ministério das Finanças, e a instituição financeira inglesa Standard Chartered Bank S.A., tem um valor global de 149.720.169,92 euros, com cobertura da Agência de Crédito à Exportação Inglesa.

O projeto de construção e apetrechamento do novo Hospital dos Queimados de Luanda, enquadrado no Plano Nacional de Desenvolvimento de Angola 2018-2022, refere o documento publicado em Dário da República, “constitui um dos meios para melhorar o Sistema de Saúde Nacional”.

O valor de financiamento “inclui o pagamento do prémio de Seguro de Crédito à Exportação”, lê-se no despacho presidencial nº121/21 de 19 de Agosto.

Na ministra das Finanças, Vera Daves, são delegados poderes para a assinatura do referido acordo de financiamento e de toda a documentação com ele relacionada, incluindo as eventuais adendas, em nome e representação da República de Angola.

O Hospital dos Queimados localiza-se no bairro Popular, município do Kilamba Kiaxi, em Luanda, e desde 2019 os seus serviços foram transferidos para uma unidade sanitária do distrito urbano do Zango, em Viana, enquanto decorre a construção da nova estrutura.

Related posts
AngolaPolítica

Combate à corrupção marca os quatro anos de governação de João Lourenço

AngolaPolítica

João Lourenço viaja para Turquia

AngolaPolítica

Sobrevivente do 27 de Maio vê com "emoção e surpresa" anúncio histórico de João Lourenço

AngolaPolítica

Covid-19: Presidente da República de Angola recebe primeira dose da vacina

Assine nossa Newsletter