Bangladesh começa a vacinar refugiados rohingyas contra covid-19 - Plataforma Media

Bangladesh começa a vacinar refugiados rohingyas contra covid-19

Bangladesh começou nesta terça-feira (10) uma campanha de vacinação de três dias contra a covid-19 para refugiados rohingyas acima de 55 anos, em meio a um aumento recorde de número de casos – disseram as autoridades.

Centenas de profissionais de saúde foram enviados para os acampamentos do distrito de Cox’s Bazar (sudeste) para aplicar o fármaco chinês Sinopharma a cerca de 48.000 rohingyas, disse o o secretário de Saúde do distrito, Mahbubur Rahman, à AFP.

Na ilha de Bhashan Char, no golfo de Bengala, também está previsto começar esta semana a vacinação de cerca de 18.000 rohingyas, afirmou o comissário adjunto para os refugiados em Bangladesh, Shams ud Douza.

As autoridades estimam em 2.600 casos e 29 mortes a incidência da covid-19 nos acampamentos de refugiados, onde vivem 850.000 rohingyas. Eles fugiram em 2017 das forças de segurança da vizinha Mianmar.

Leia mais em Istoé

Assine nossa Newsletter