Atleta mais velha em Tóquio, amazona de 66 anos mantém longevidade em Jogos - Plataforma Media

Atleta mais velha em Tóquio, amazona de 66 anos mantém longevidade em Jogos

Australiana disputou sua sexta edição de Olimpíadas e quer competir em Paris-2024.

Imagine ter ainda o desejo de competir em alto nível aos 50 anos de idade. Não é usual, mas é possível. A amazona australiana Mary Hanna, 66, que já participou de seis edições dos Jogos (1996, 2000, 2004, 2012, 2016 e 2020) no hipismo, foi a atleta mais velha nas Olimpíadas de Tóquio.

Trata-se de modalidade que, desde Pequim-2008, tem os esportistas olímpicos com idade mais elevada.

Hanna, no entanto, não é sequer a atleta mais velha da década a competir em cima de um cavalo.

Leia mais em Folha de S. Paulo

Assine nossa Newsletter