Festas ilegais em Ibiza? Procuram-se estrangeiros para se infiltrarem como agentes - Plataforma Media

Festas ilegais em Ibiza? Procuram-se estrangeiros para se infiltrarem como agentes

As autoridades espanholas estão a planear recrutar estrangeiros para ajudar a polícia na deteção de ajuntamentos ilegais.

Procuram-se estrangeiros com idades compreendidas entre os 30 e os 40 anos dispostos a frequentar festas em Ibiza, em nome do combate à pandemia. As autoridades espanholas na ilha estão a tentar reunir uma equipa além-fronteiras que seja capaz de se infiltrar em festas que violam as regras sanitárias locais e denunciá-las à polícia.

Nas últimas duas semanas, a incidência da Covid-19 subiu para 1,814 casos por cem mil habitantes no território insular. No entanto, a realidade da epidemia contrasta com o frenesim da vida noturna, que tem atraído muitos turistas neste verão.

Com a maioria das discotecas fechadas – exceto os espaços com capacidade para realizar eventos ao ar livre em que os clientes se mantêm sempre sentados – e os restaurantes e bares limitados a pequenos grupos, as autoridades acreditam que as festas ilegais estão na origem do aumento dos casos de coronavírus. As restrições foram, por isso, agudizadas entre a 1h00 e as 6h00, e as multas para quem organiza estas festas foram aumentadas para 600 euros.

Leia mais em TSF

Assine nossa Newsletter