Hospitais de Banguecoque lotados devido a forte surto da doença

Hospitais de Banguecoque lotados devido a forte surto da doença

A pressão sobre os hospitais de Banguecoque encontra-se num momento crítico com uma ocupação de 100% de doentes com covid-19 verificando-se um aumento preocupante do número de contágios, anunciaram as autoridades

De acordo com os dados dos Serviços Médicos, publicados no sábado, encontram-se ocupadas todas as 36.977 camas para doentes com covid-19 nos centros públicos e privados, hospitais de campanha e equipamentos hoteleiros adaptados da capital tailandesa.

O hospital público de Rachapiphat instalou dezenas de camas para doentes afetados pelo SARS-CoV-2 no parque de estacionamento do edifício. A escassez de camas coincide com o número de pedidos de ajuda de familiares de pessoas infetadas e que têm de aguardar em casa disponibilidade nos hospitais.

Apisamai Srirangsan, porta-voz da agência para a gestão da pandemia, disse que cinco pessoas foram encontradas sem vida nas casas onde viviam depois de terem pedido ajuda médica. As autoridades da capital começaram também a transportar as pessoas que testaram positivo para as cidades de origem.

Um comboio com mais de uma centena de pacientes acompanhados de equipas médicas e material hospitalar deixou hoje Banguecoque em direção ao noroeste do país.

Leia mais em Hoje Macau

Related posts
MacauSociedade

Escolas encerradas até 3 de Outubro. Vacinação, cultura e desporto em pausa

MundoSociedade

Coreia do Sul avança com terceira dose da vacina nos próximos meses

MundoSociedade

OMS inclui mais dois medicamentos nas recomendações para tratamento

BrasilDesporto

Brasil-Argentina suspenso após intervenção das autoridades sanitárias

Assine nossa Newsletter