Novos confinamentos na Europa surpreenderam FMI - Plataforma Media

Novos confinamentos na Europa surpreenderam FMI

Fundo dirigido por Kristalina Georgieva diz que, mesmo nos países onde a vacinação está a correr bem, não é garantido que não surjam novas complicações nas economias. Isto porque a vacinação está a correr de forma desigual no mundo. Pobres estão a ficar ainda mais para trás e em perigo.

Aimposição de “novos confinamentos” por causa de uma nova vaga da pandemia em vários países europeus, como é o caso de Portugal, aliás, apanhou o Fundo Monetário Internacional (FMI) de “surpresa” e terá limitado revisões em alta mais generosas do crescimento de várias economias. Há três meses, o tom do FMI era mais confiante do que na atualização de previsões divulgada esta terça-feira.

De acordo com o outlook intercalar (que não traz dados renovados sobre Portugal, apenas para uma seleção de economias de maior dimensão de várias partes do mundo), Espanha, que é o maior parceiro económico de Portugal sofreu um corte na previsão de crescimento deste ano (face ao outlook anterior, de abril) de cerca de duas décimas, devendo crescer, ainda assim, 6,2%.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter