Isabel dos Santos afastada da Galp pelo Tribunal Arbitral

Isabel dos Santos afastada da Galp pelo Tribunal Arbitral

Em causa os 40% da Exem Energy BV, de Isabel dos Santos, na Esperaza, empresa que detém 45% da Amorim Energia que, por sua vez, é proprietária de 33,34% da Galp

O Tribunal Arbitral Internacional deu razão à Sonangol contra Isabel dos Santos no processo relativo à participação na Galp, declarando a Sonangol como “única proprietária” deste investimento.

O litígio, anuncia a Sonangol em comunicado, dizia respeito à participação de 40% da Exem Energy BV, sociedade veículo da empresária angolana, na Esperaza Holdings BV, empresa que detém 45% da Amorim Energia, a qual é proprietária de 33,34% da Galp.

“Após análise às provas documentais e condução de uma audiência probatória de sete dias, o Tribunal Arbitral concluiu que a transação pela qual a Exem Energy BV pretendia adquirir as sua participação na Esperaza Holding BV estava contaminada por ilegalidade, permitindo aos seus proprietários influenciar o controlo direto da petrolífera nacional, para colher em seu favor vantagens financeiras extraordinárias em detrimento da primeira e, consequentemente, do Estado Angolano”, pode ler-se no comunicado.

Assim, o Tribunal declarou a transação “nula e sem efeito”, considerando que a Sonangol é a “legítima proprietária de 100% da Esperaza Holdings BV”. Os 40% em causa têm um valor de mercado de “cerca de 700 milhões de dólares “, diz a Sonangol, ou seja, aproximadamente 600 milhões de euros.

Leia mais em Dinheiro Vivo

Related posts
Portugal

EDP Renováveis adquire parque de energia solar no Vietname por 30 milhões

AngolaSociedade

Isabel dos Santos perde ação judicial na Holanda

ChinaEconomia

EDP continua a ser a marca portuguesa com maior valor financeiro

Portugal

Chinesa CTG com os dividendos mais elevados de sempre na EDP

Assine nossa Newsletter