Polícia de Hong Kong detém responsáveis de jornal por conspiração com forças estrangeiras

Polícia de Hong Kong detém responsáveis de jornal por conspiração com forças estrangeiras

A polícia de Hong Kong deteve hoje o chefe de redação e outros quatro responsáveis do jornal Apple Daily, por suspeita de conspiração com forças estrangeiras, ao abrigo da lei de segurança nacional, informaram os ‘media’ locais

A polícia disse que cinco responsáveis, incluindo quatro homens e uma mulher, entre os 47 e 63 anos, foram detidos por conluio com um país estrangeiro ou com elementos externos para pôr em perigo a segurança nacional, violando o Artigo 29 da lei, noticiou o South China Morning Post (SCMP).

Foram efetuadas buscas nas respetivas residências, não tendo ainda sido acusados.

“Notícias publicadas no jornal alegadamente constituíram uma ofensa à lei de segurança nacional”, disse uma fonte policial ao SCMP.

Mais de 200 agentes entraram nas instalações do jornal para efetuarem uma busca com um mandado judicial. Em seguida, bloquearam as entradas e saídas do edifício, solicitando ao mesmo tempo a todo o pessoal que se registasse antes de entrar nas instalações.

O jornal tem assumido o seu apoio ao movimento pró-democracia. Esta é a segunda busca no Apple Daily em menos de um ano.

O milionário Jimmy Lai, o proprietário do jornal, foi acusado de conluio após a busca realizada em agosto. Lai está atualmente preso, após várias condenações pelo seu envolvimento em alguns dos protestos pró-democracia que abalaram Hong Kong há dois anos.

Related posts
Hong KongSociedade

Tribunal de Hong Kong nega liberdade sob caução a editores do "Apple Daily"

Hong KongPolítica

Assinalado o primeiro aniversário da promulgação da lei de segurança nacional em Hong Kong

ChinaHong Kong

EUA instam Hong Kong a “parar de atacar a comunicação social”

ChinaHong Kong

Jornal Apple Daily diz que liberdade de imprensa em Hong Kong "está por um fio"

Assine nossa Newsletter