Órfãos do 27 de Maio em Angola aguardam "serenamente" os restos mortais dos seus pais - Plataforma Media

Órfãos do 27 de Maio em Angola aguardam “serenamente” os restos mortais dos seus pais

Para João Van Dunem, membro da Associação 27M, recuperar os restos mortais vai permitir às famílias “prestar uma derradeira homenagem, honrando a sua luta e a sua memória”.

Um dos órfãos do 27 de Maio, João Van Dunem, aguarda “serenamente” os restos mortais dos seus pais, salientando que a promessa do Presidente angolano vai ao encontro das preocupações dos filhos das vítimas da alegada tentativa de golpe.

“O mais importante a reter desta comunicação do Presidente, perante os angolanos e o mundo, é a promessa de entrega dos restos mortais dos nossos pais. Vamos aguardar serenamente pelo cumprimento dessa promessa, que vai ao encontro das nossas preocupações enquanto filhos ao longo dos últimos 44 anos”, disse à Lusa o filho de José Van-Dunem, um dos “braços direitos” de Nito Alves, o alegado comandante de uma tentativa de golpe de Estado ocorrida a 27 de maio de 1977, e de Sita Valles, todos mortos pelo regime de então.

Leia mais em Diário de Notícias

Assine nossa Newsletter