Blindado por bolsonaristas na Câmara, Salles foge de perguntas sobre madeira apreendida e ataca PT - Plataforma Media

Blindado por bolsonaristas na Câmara, Salles foge de perguntas sobre madeira apreendida e ataca PT

Ministro defendeu licenciamento ambiental e criticou baixo volume de emendas destinadas a sua pasta.

Protegido pela presidente da comissão do Meio Ambiente, a bolsonarista Carla Zambelli (PSL-SP), o ministro Ricardo Salles (Meio Ambiente) aproveitou seu comparecimento no colegiado da Câmara para culpar governos do PT pela redução do Orçamento da pasta e fugir de perguntas sobre a operação da Polícia Federal que apreendeu madeira no Pará.

Nesta segunda-feira (3), Salles esteve durante três horas em audiência pública conjunta das comissões do Meio Ambiente e de Viação e Transportes.

A reunião foi presidida por Zambelli, que, logo no início, deixou claro para o ministro que ele poderia optar por responder apenas a questionamentos dos deputados envolvendo os temas dos requerimentos da audiência —desmatamento, redução do Orçamento do ministério e licenciamento ambiental.

Foi a senha para o ministro ignorar todas as perguntas envolvendo a maior apreensão de madeira da história do país, episódio que levou à troca do delegado Alexandre Saraiva da chefia da Polícia Federal do Amazonas. Na ocasião, Salles, inclusive, saiu em defesa de madeireiros e afirmou que demonizar o trabalho desses empresários só aumentaria o desmatamento.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Related posts
BrasilPolítica

Lula avança sobre aliados de Bolsonaro em articulações para eleições de 2022

Brasil

Bolsonaro lamenta morte de Paulo Gustavo: 'Que Deus o receba com alegria'

BrasilPolítica

Mandetta aponta à CPI desprezo de Bolsonaro pela ciência, e Renan lista 'revelações graves'

BrasilPolítica

Governo tenta evitar que CPI da Covid se torne palanque para Mandetta contra Bolsonaro

Assine nossa Newsletter