Líderes mundiais assinam tratado internacional para resposta a pandemias - Plataforma Media

Líderes mundiais assinam tratado internacional para resposta a pandemias

António Costa é um dos assinantes do documento, que admite que um cenário de pandemia voltará a repetir-se. O tratado vem defender o acesso universal e equitativo a vacinas, medicamentos e diagnósticos seguros, eficazes e acessíveis para esta e futuras epidemias.

Vinte e cinco líderes mundiais assinam um artigo para defender a criação de um tratado internacional de resposta a pandemias. A ideia tinha sido lançada em dezembro, pelo presidente do Conselho Europeu. Charles Michel é um dos subscritores do artigo, apoiado agora por nomes como Angela Merkel, Emmanuel Macron, Boris Johnson e António Costa.

Os líderes mundiais concordam que é necessário um tratado global para enfrentar o maior desafio das últimas décadas, já que desde a década de 1940 o mundo não enfrentava obstáculo semelhante. Na altura, depois das duas guerras mundiais, os líderes políticos uniram-se para criar o sistema multilateral.

Agora, escrevem, é preciso tirar lições da Covid-19 e criar um tratado global para que o mundo, em conjunto, possa estar preparado para dar resposta às pandemias.

Leia mais em TSF

Related posts
Economia

Para o Banco Mundial, a América Latina pode evitar outra 'década perdida'

ChinaEconomia

Portugal-China: Pandemia arrefece a relação bilateral e traz estagnação

EconomiaMacau

Jogo em Macau regista em maio recorde de receitas desde início da pandemia

MundoSociedade

Segundo ano da pandemia causa mais mortes, alerta OMS

Assine nossa Newsletter