Imprensa considera entrevista de Harry e Meghan o equivalente a uma bomba para a monarquia britânica - Plataforma Media

Imprensa considera entrevista de Harry e Meghan o equivalente a uma bomba para a monarquia britânica

A entrevista concedida a um canal de televisão americano por Meghan Markle e seu marido, o príncipe Harry, neto da rainha Elizabeth II, caiu como uma bomba no Reino Unido por suas duras acusações à monarquia, destaca a imprensa britânica.

“O que quer que a família real esperava desta entrevista, isto foi pior”, afirmou o jornal conservador The Times.

“Meghan teve tendências suicidas. Estava preocupada com seu bem-estar psicológico. Chorou em um ato oficial. E a família real não ajudou”, completa o jornal, antes de afirmar que são “acusações prejudiciais” para a instituição monárquica. 

Na entrevista concedida à estrela da televisão americana Oprah Winfrey, exibida no domingo nos Estados Unidos pela CBS e que será transmitida nesta segunda-feira à noite no Reino Unido pelo canal ITV, eles apresentaram a “imagem de um casal vulnerável, que se sentia preso em seu papel e desprotegido pela instituição”, acrescenta The Times. 

Na opinião do também conservador Daily Telegraph a família real precisa de um “colete à prova de balas” diante de uma entrevista que contém “bombas suficientes para afundar uma flotilha”. 

“E possivelmente, como alguns podem temer, causar danos semelhantes à monarquia britânica”.  

“É justo dizer que esta entrevista de duas horas sem concessões é o pior cenário para aqueles que o casal não deixou de se referir como ‘a empresa’ (The Firm)”, completa o jornal, em alusão às reflexões racistas que Meghan e Harry denunciaram ter sofrido por parte de uma pessoa não identificada do palácio antes do nascimento de seu primeiro filho, Archie.  

O canal ITV também utilizou uma metáfora militar: “O casal efetivamente carregou um bombardeiro B-52, voou sobre o Palácio de Buckingham e depois descarregou seu arsenal bem acima dele”.  

Para a BBC, a entrevista é “devastadora” e revela “as terríveis pressões dentro do palácio”, além de traçar a “imagem de indivíduos insensíveis perdidos em uma instituição tão perdida como eles”.  

O tabloide Daily Mirror insiste na “imensa tristeza” do príncipe herdeiro Charles, pai de Harry, e de seu irmão mais velho William, enquanto o Daily Express critica uma “conversa televisionada com Oprah que serve aos próprios interesses do casal”, que mora nos Estados Unidos depois que abandonou a monarquia em 2020.   

Assim como outros jornais, que fecharam suas edições antes da exibição da entrevista, o Daily Mail tem como manchete a “forte” mensagem sobre o “dever” apresentada pela rainha Elizabeth II no domingo durante um discurso exibido pela televisão britânica por ocasião do Dia da Commonwealth.

Related posts
Lifestyle

Meghan Markle produzirá série da Netflix para inspirar meninas

Lifestyle

Saída de Harry e Meghan da família real vai dar lugar a filme

LifestylePolítica

Arcebispo de Canterbury nega ter casado Harry e Meghan antes da cerimónia oficial

Lifestyle

Após entrevista polémica, príncipe Carlos quer fazer as pazes com Harry

Assine nossa Newsletter