Quatro trabalhadoras humanitárias assassinadas no noroeste do Paquistão - Plataforma Media

Quatro trabalhadoras humanitárias assassinadas no noroeste do Paquistão

Quatro trabalhadoras humanitárias foram assassinadas a tiros por dois homens nesta segunda-feira (22) no noroeste do Paquistão, em uma região fronteiriça com o Afeganistão que nos últimos meses sofreu um aumento da violência, informou uma fonte policial. 

As vítimas caíram em uma emboscada quando passaram de carro por uma aldeia no distrito de Waziristan do Norte, nas áreas tribais, disse à AFP o chefe da Polícia local, Shafiulá Gandapur. 

“Até agora, ninguém reivindicou o ataque, mas definitivamente foi um ato de terrorismo”, afirmou, acrescentando que um quinto ocupante do veículo sobreviveu ao ataque. 

As quatro trabalhadoras humanitárias estavam envolvidas em um programa desenvolvido por uma instituição local para ajudar mulheres. 

As áreas tribais paquistanesas, fronteiriças com o Afeganistão, estão desestabilizadas há muito tempo devido aos combates entre o exército e os grupos islâmicos radicais que operam na região com impunidade. 

Eles se tornaram um dos desafios na “guerra contra o terrorismo” desencadeada pelos atentados nos Estados Unidos em 11 de setembro de 2001.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Related posts
MundoPolítica

"Universidade da jihad" no Paquistão tem orgulho de ex-alunos talibãs

ChinaMundo

No impasse entre a China e a Índia, uma nova frente surge em Gilgit-Baltistan do Paquistão

MundoSociedade

Ativista paquistanesa Malala comemora licenciatura em Oxford

Sociedade

Paquistão anula sentença de morte de britânico pelo assassinato do jornalista Daniel Pearl

Assine nossa Newsletter