Fez-se história no Dragão e só faltou mesmo o KO - Plataforma Media

Fez-se história no Dragão e só faltou mesmo o KO

Primeira vitória de sempre do F. C. Porto sobre a Juve dá vantagem mínima para a 2.ª mão. Golo dos italianos perto do fim impediu noite perfeita na Invicta

Um jogo de muita personalidade do F. C. Porto valeu-lhe um triunfo inédito sobre a Juventus, que manteve vivo o sonho dos dragões no grande palco europeu. E por incrível que possa parecer, o resultado não foi de todo o que podia ter sido.

Não é que o golo dos italianos, a oito minutos dos 90, tenha caído propriamente do céu, mas depois de Marega ter assinado o 2-0, logo a abrir a segunda parte, os portistas estiveram perto de chegar a um terceiro tento que deixaria a eliminatória muito bem encaminhada. Não o conseguiram e agora está tudo em aberto para a segunda mão, em Turim, daqui a três semanas.

Sérgio Conceição montou a estratégia certa para abordar o embate com os campeões italianos e os primeiros instantes provaram que pressionar alto valia a pena.

Num início de sonho para os dragões, Taremi aproveitou um erro incrível de Bentancur e desfez o nulo logo ao segundo minuto, lançando as bases para o jogo que o F. C. Porto queria.

A Juventus teve mais bola, mas a lentidão de processos que já lhe se tem visto na liga italiana e a boa prestação defensiva dos portistas, sem erros comprometedores, mantiveram a baliza de Marchesín longe de sobressaltos até ao intervalo. Pelo meio, um disparate do guarda-redes Szczesny deixou Sérgio Oliveira com caminho livre para o 2-0, mas a noite não estava para proezas do médio, como se veria mais à frente.

Leia mais em Jornal de Notícias

Artigos relacionados
BrasilDesporto

Flamengo perde, mas é campeão brasileiro com empate entre Inter e Corinthians

Desporto

FC Porto vence Marítimo com golo em período de descontos

Desporto

PSG goleia Barcelona no Camp Nou na Liga dos Campeões

BrasilDesporto

"Diego Costa? Lançamos engodo ao mar e há sempre um peixe que pode vir e pegar"

Assine nossa Newsletter