Quase 15 mil pessoas exigem deportação de ativista Mamadou Ba - Plataforma Media

Quase 15 mil pessoas exigem deportação de ativista Mamadou Ba

Mamadou Ba criticou o facto de o CDS-PP ter apresentado no Parlamento um voto de pesar pela morte “do sanguinário Marcelino da Mata”.

Quase 15 mil pessoas aderiram, desde domingo, a uma petição pública virtual que exige a deportação do ativista antirracismo Mamadou Ba devido a comentários depreciativos sobre o falecido militar condecorado Marcelino da Mata.

“Serve a presente petição pública para que a Assembleia da República vote favoravelmente pela expulsão de Portugal de alguém que não se sente bem em Portugal nem com a nossa cultura e valores. Que esta expulsão sirva de exemplo”, lê-se no texto, no sítio da Internet “peticaopublica.com”, que conta com 14.608 assinaturas, pelas 06h40.

Segundo a legislação em vigor, “qualquer petição subscrita por um mínimo de mil cidadãos é, obrigatoriamente, publicada no Diário da Assembleia da República e os peticionários são ouvidos em sede de comissão parlamentar e, caso haja mais de quatro mil cidadãos subscritores, a mesma tem de ser apreciada em reunião plenária da Assembleia da República.

Os peticionários reclamam que o ex-assessor parlamentar do BE e dirigente da associação SOSRacismo “proferiu declarações caluniosas no Twitter [rede social] contra o militar mais condecorado da História portuguesa, o tenente-coronel Marcelino da Mata, um dia depois do seu falecimento”, aos 80 anos, vítima de Covid-19.

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Assine nossa Newsletter