Apoios sociais podem atenuar efeitos da pandemia na saúde mental - Plataforma Media

Apoios sociais podem atenuar efeitos da pandemia na saúde mental

Numa entrevista à TSF, Miguel Xavier, o diretor do Plano Nacional de Saúde Mental, alerta para os riscos ainda desconhecidos da pandemia e da crise económica.

O diretor do Plano Nacional de Saúde Mental diz que prevenir das doenças mentais passa muitas vezes por medidas que não partem do Ministério da Saúde. É na qualidade e na quantidade dos apoios sociais que começa a travar-se a batalha contra o medo, que pode depois passar para outros problemas mais graves.

Quem não tem dinheiro, pode perder a casa, ou a capacidade de alimentar a família. É desse medo que fala Miguel Xavier, há três anos à frente de um Plano Nacional de Saúde Mental, que tem de lidar com um desinvestimento crónico do setor.

Algo que pode estar a mudar. Miguel Xavier, também professor catedrático na Nova Medical School, e diretor no Centro Hospitalar de Lisboa Ocidental, diz na entrevista à TSF que a bazuca europeia traz uma oportunidade histórica de investimento no sistema da saúde mental.

Este responsável espera que o investimento chegue nos próximos três anos, com a contratação de pessoas, porque são pessoas “treinadas” que mais falta fazem nesta área.

Leia mais em TSF

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Especialistas pedem prioridade na vacinação para pessoas com doença mental grave

PortugalSociedade

Com lockdown e vacina, Portugal vai do colapso a uma das mais baixas transmissões da Europa

PortugalSociedade

Covid-19: Graça Freitas admite cenário de nova escalada da pandemia em Portugal

PortugalSociedade

Centros de vacinação em Portugal vão poder vacinar 50 pessoas/hora

Assine nossa Newsletter