Angola partilha experiência com outros países de África - Plataforma Media

Angola partilha experiência com outros países de África

Angola pretende transmitir para o continente africano a sua singular experiência no que toca a conquista da paz, integração e reconciliação nacional, durante o Fórum Pan-africano para Cultura de Paz em África -Bienal de Luanda, que decorre em Setembro próximo

A intenção foi debatida ontem, na Cidade Alta, em Luanda, entre a ministra de Estado para a Área Social, Carolina Cerqueira, e uma delegação da Comissão da Comunidade Económica dos Estados da África Central (CEEAC), chefiada pelo seu presidente, o angolano Gilberto Veríssimo.

Em declarações à imprensa, no final do encontro de cerca de uma hora, o presidente da CEEAC disse que Angola deve fazer do seu Dia da Paz (4 de Abril) algo que possa ser replicado pela região e pelo continente. “Experiências como a de Angola há poucas”, reconheceu.

Gilberto Veríssimo explicou que a ideia é fazer com que a Bienal de Luanda deste ano não seja um “acto pontual” que decorra a cada dois anos, em Setembro, mas algo que perdure no tempo. Salientou que a nível da CEEAC tudo está a ser feito para que Angola partilhe a sua “singular experiência de paz” com outros povos da região, referindo que a Bienal de Luanda pode constituir-se num instrumento para o efeito.

Leia mais em Jornal de Angola

Este artigo está disponível em: 繁體中文

Artigos relacionados
MundoSociedade

África Austral: Insegurança alimentar afeta mais de 51 milhões de pessoas

ChinaPolítica

China acelera exportação de vacinas para os países em desenvolvimento

EconomiaMundo

Covid-19: Credores privados esperam ver África de volta aos mercados financeiros

MundoPolítica

Europa deve partilhar vacinas com África, diz Macron

Assine nossa Newsletter