Delegação Económica ajuda residentes retidos em Portugal

Delegação Económica ajuda residentes retidos em Portugal

Mais de uma dezena de residentes de Macau, em Portugal, estão impossibilitados de regressar devido à prorrogação do estado de emergência e limitação dos transportes que atinge o país. Por isso, enviram um pedido de ajuda à Delegação Económica e Comercial de Macau (DECM), na capital portuguesa.

A maior parte deles é estudante mas a situação toca também os cidadãos aposentados ali residentes que todos os anos, em Janeiro, devem fazer prova de vida junto das autoridades mas que devido ao confinamento, este ano, não o puderam fazer.

Perante esta situação, a DECM manteve reuniões com uma série de entidades e organizações para prestar apoio a este grupo de pessoas.

Leia mais em TDM

Artigos relacionados
Macau

Regresso de 115 residentes feito em dois voos de Tóquio

MacauMundo

Governo de Macau aponta voo de Amsterdão para regresso da Europa

ChinaSociedade

China permite que estrangeiros com autorização de residência válida retornem sem novo visto

MacauSociedade

Alunos de Macau regressam às aulas a partir de 01 de setembro

Assine nossa Newsletter