Vacinação gratuita em Macau abrange TNR e estudantes de fora

Vacinação gratuita em Macau abrange TNR e estudantes de fora

As vacinas contra a COVID-19 vão ser gratuitas para os trabalhadores não residentes e para os estudantes de fora que frequentem instituições de ensino em Macau

A confirmação foi feita hoje por Alvis Lo Iek Long, médico adjunto da direcção do Centro Hospitalar Conde de São Januário (CHCSJ), durante a conferência de imprensa semanal de actualização sobre a COVID-19.

“Os residentes de Macau, os trabalhadores não residentes e os estudantes que estão a frequentar as escolas de Macau, mas não são residentes de Macau [estão abrangidos]. Este é o nosso plano de vacinação que, além de proteger os indivíduos, também pode criar uma imunidade colectiva”, afirmou o clínico.

O Governo adquiriu vacinas contra a COVID-19 às farmacêuticas Sinopharm, BioNTech e AstraZeneca. A cada um dos laboratórios foram encomendadas 400 mil doses.
A toma da vacina contra a COVID-19 vai ser voluntária, podendo as pessoas escolher qual pretendem receber, desde que estejam disponíveis ao mesmo tempo.

No entanto, há limitações. A vacina da Sinopharm, por exemplo, não pode ser administrada a pessoas com mais de 65 anos.

Leia mais em TDM

Artigos relacionados
MacauSociedade

Administradas primeiras vacinas da BioNtech

MundoSociedade

Covid-19: Debaixo de críticas, Bruxelas quer agilizar candidaturas de vacinas

Guiné-BissauSociedade

Vacinas dadas pelo Senegal chegam na próxima semana à Guiné-Bissau

PortugalSociedade

Professores e não docentes como prioritários para vacinação

Assine nossa Newsletter