Atraso da vacina nos países mais pobres ameaça economias desenvolvidas - Plataforma Media

Atraso da vacina nos países mais pobres ameaça economias desenvolvidas

Relatório da OMS mostra prejuízos causados pela disrupção no comércio global e nas redes de suprimentos

As economias desenvolvidas enfrentarão um golpe significativo na recuperação econômica da pandemia do coronavírus se não ajudarem os países em desenvolvimento a acelerar seus programas de vacinação, segundo um relatório que será publicado nesta segunda-feira (25) pela OMS (Organização Mundial de Saúde).

Se a produção de vacinas nesses países menos desenvolvidos continuar no ritmo atual, as economias avançadas vão sofrer prejuízos de até US$ 2,4 trilhões (R$ 13,13 trilhões) –3,5% de seu Produto Interno Bruto anual anterior à pandemia– por causa de disrupções no comércio global e nas redes de suprimentos, segundo o estudo.

“Quanto mais esperarmos para fornecer vacinas, testes e tratamentos para todos os países, mais depressa o vírus dominará, maior o potencial de surgimento de novas variantes, maior a probabilidade de que as vacinas atuais se tornem ineficazes e mais difícil será a recuperação de todos os países”, disse Tedros Adhanom Ghebreyesus, diretor-geral da OMS. “Ninguém está a salvo a menos que todos estejam a salvo.”

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
MacauSociedade

Antes, durante e depois da quarentena

BrasilPolítica

Brasil é o 2º país com mais barreiras de entrada no exterior por conta do coronavírus

BrasilSociedade

Brasil bate recorde e supera EUA em novas mortes por Covid por milhão de habitantes

Mundo

Alemanha adota plano de suspensão progressiva do confinamento

Assine nossa Newsletter