Bolsonaro nega interferência na Anvisa e diz ter pressa para vacina - Plataforma Media

Bolsonaro nega interferência na Anvisa e diz ter pressa para vacina

Fala do presidente vem um dia após afirmar que não dá bola para atraso do Brasil.

Um dia depois de ter afirmado que não dá bola para pressões sobre o início da imunização contra a Covid-19 no Brasil, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) disse neste domingo (27) que o governo tem pressa em obter uma vacina.

“Temos pressa em obter uma vacina, segura, eficaz e com qualidade, fabricada por laboratórios devidamente certificados. Mas a questão da responsabilidade por reações adversas de suas vacinas é um tema de grande impacto, e que precisa ser muito bem esclarecido”, afirmou o presidente, em uma mensagem publicada em rede social.
Em seguida, Bolsonaro negou que esteja interferindo no processo de certificação de uma vacina pela Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) e disse que o imunizante que receber luz verde do órgão será ofertado para todos de forma gratuita e não obrigatória.

“O presidente da República, caso exercesse pressões pela vacina, seria acusado de interferência e irresponsabilidade. Tão logo um laboratório apresente seu pedido de uso emergencial, ou registro junto à Anvisa, e esta proceda a sua análise completa e o acolha, a vacina será ofertada a todos e de forma gratuita e não obrigatória”, escreveu.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
BrasilPolítica

Bolsonaro afaga China e agradece liberação de insumo para Coronavac

BrasilEconomia

Governo federal aprova auxílio emergencial para 196 mil pessoas

MundoPortugal

Vacinação antiCovid deve basear-se "no risco e não na nacionalidade"

BrasilChina

Bolsonaro afaga China e agradece liberação de insumo para Coronavac

Assine nossa Newsletter