Prefeitura do Rio proíbe som e queima de fogos na orla durante o Réveillon - Plataforma Media

Prefeitura do Rio proíbe som e queima de fogos na orla durante o Réveillon

Rio de Janeiro

Entre as restrições também estão barreiras para impedir o acesso à cidade na madrugada do Ano Novo.

A Prefeitura do Rio de Janeiro decidiu ampliar as restrições ao Réveillon diante do aumento das infecções pelo novo coronavírus. O prefeito em exercício, o vereador Jorge Felippe (DEM), proibiu qualquer queima de fogos e o uso de aparelhos de som na madrugada do dia 31 para o dia 1º.

A primeira regra (fogos) vale das 0h às 7h e a segunda (som), das 0h às 6h, em toda a extensão da orla da cidade. A prefeitura também prevê uma barreira de fiscalização para impedir o acesso de ônibus, micro-ônibus ou vans de fretamento ao município durante a madrugada.

Leia mais em Folha de S.Paulo

Artigos relacionados
BrasilDesporto

Ministério Público brasileiro investiga suposta festa de passagem de ano de Neymar

ChinaSociedade

Covid-19: China apela a trabalhadores que não viajem durante Ano Novo Lunar

PortugalSociedade

É possível circular entre concelhos no Natal, mas não no Ano Novo

Assine nossa Newsletter