Enfermeiros do Santo António trocam de roupa em vestiário inundado - Plataforma Media

Enfermeiros do Santo António trocam de roupa em vestiário inundado

Santo António apresenta problemas estruturais de infiltrações de água nas claraboias. Mais de cem profissionais estão sem condições de trabalho.

Mais de cem enfermeiros do Serviço de Urgência do Hospital Santo António, no Porto, são obrigados a trocar de roupa num chão encharcado, quase sempre que há mau tempo. Nos dias em que chove com mais intensidade, os pertences que guardam nos cacifos existentes nos vestiários também ficam molhados. Anteontem, os enfermeiros foram, inclusive, obrigados a colocar lençóis no chão para absorver a água.

O Centro Hospitalar Universitário do Porto, responsável pelo Hospital Santo António, reconhece “problemas estruturais de infiltrações de água nas claraboias de iluminação”. Que, diz, ficarão solucionados com novos balneários, que só ainda não estão a ser construídos porque o empreiteiro recusou avançar com a obra.

Um vídeo a que o JN teve acesso mostra os lençóis encharcados colocados no chão e caixotes do lixo em cima dos cacifos para apanhar a água que escorre das claraboias. Foi nessas condições que mais de cem enfermeiros do Serviço de Urgência tiveram, anteontem, de trocar de roupa, antes e depois de efetuar o seu turno.

Leia mais em Jornal de Notícias

Assine nossa Newsletter