Boeing tenta reconquistar passageiros para o 737 MAX após 20 meses de suspensão - Plataforma Media

Boeing tenta reconquistar passageiros para o 737 MAX após 20 meses de suspensão

Gol, única companhia que usa o avião no Brasil, estuda tática de comunicação

Após 20 meses de banimento do ar, o Boeing 737 MAX está pronto para voar. É o que dizem sua fabricante, as autoridades reguladoras e as companhias aéreas readaptadas para operar o modelo.

Mas 38% dos passageiros, segundo pesquisa em 19 países feita pela Boeing em setembro, não querem saber de embarcar no modelo que, por uma conjunção de problemas de desenvolvimento, de software e de treinamento de pilotos, levou 346 pessoas à morte em dois acidentes.

Leia mais em Folha de S.Paulo.

Artigos relacionados
BrasilSociedade

Após rasto de tragédia Boeing 737 MAX volta ao céu no Brasil

BrasilSociedade

Brasil aprova regresso ao país de voos com o Boeing 737-8 MAX após acidentes

MundoSociedade

Boeing recebe luz verde para iniciar testes do polémico modelo 737 MAX

ChinaEconomia

Mercado aéreo da China será o maior do mundo, diz Boeing

Assine nossa Newsletter