António Mexia deixa a EDP - Plataforma Media

António Mexia deixa a EDP

A empresa informou que António Mexia mostrou indisponibilidade para integrar qualquer lista candidata aos órgãos sociais da EDP . Acionistas já pediram a Miguel Stilwell para apresentar proposta para o novo “board”, avança o Jornal de Negócio

António  Mexia e Manso Neto, suspensos de funções por ordem judicial desde Julho, mostraram “indisponibilidade para integrar qualquer lista candidata aos órgãos sociais da EDP para o próximo mandato (2021-2023)”. A informação foi comunicada pelos gestores numa carta enviada esta segunda-feira à EDP, de acordo com um comunicado emitido ao regulador dos mercados, escreve o Jornal de Negócios.

A elétrica vai marcar uma assembleia geral extraordinária em janeiro para eleger os novos membros do conselho de administração.

Este artigo está disponível em: English

Artigos relacionados
PortugalSociedade

Ex-secretário de Estado da Energia constituído arguido no 'Caso EDP'

EconomiaPortugal

EDP constituída arguida no caso das rendas excessivas

PortugalSociedade

Juíz sugere troca de favores entre Mexia e Pinho na EDP

EconomiaPortugal

Presidente da EDP suspenso de funções

Assine nossa Newsletter