Criminalidade caiu 33 por cento entre Janeiro e Setembro - Plataforma Media

Criminalidade caiu 33 por cento entre Janeiro e Setembro

A criminalidade geral em Macau caiu 33,1 por cento nos primeiros nove meses do ano, mas houve aumentos nos casos de abusos sexuais contra crianças e de pronografia envolvendo menores.

No total, foram instaurados pela polícia mais de sete mil inquéritos criminais entre Janeiro e Setembro, período marcado pela pandemia de coronavírus e pela redução acentuada de visitantes.

É um número que leva o Gabinete do Secretário para a Segurança,Wong Sio Chak, a descrever como “boa” a situação geral de segurança.

Nos primeiros nove meses de 2020, registaram-se 169 casos de “criminalidade violenta”, o que representa uma queda anual de 68 por cento.

Os crimes normalmente associados ao jogo também caíram de forma significativa: os casos de sequestro diminuíram 89,6 por cento, havendo registo de 29 incidentes, e os de usura desceram 87,9 por cento para 57 casos.

Em queda notória estiveram também os casos de “violação” (foram 14, menos 43,8 por cento) e de “importunação sexual”.

Ainda assim, houve um aumento dos abusos sexuais contra crianças e de pronografia com menores.

Entre Janeiro e Setembro, houve registo de 18 casos de abuso sexual de crianças, um aumento anual de 63,6 por cento.

Leia mais em TDM

Artigos relacionados
MacauSociedade

Abuso sexual de crianças cresce 63,6 por cento

MacauPortugal

Portugal detém empresário a pedido de Macau

ChinaHong Kong

Recompensa de 10 milhões por criminosos que atacaram amigo de Jack Ma em Hong Kong

EconomiaMacau

Impacto da pandemia continua a dominar preocupações dos deputados

Assine nossa Newsletter